A importância da governança corporativa em tempos de coronavírus


Com o avanço da pandemia de coronavírus, muitas empresas estão entre a cruz e a espada. Por um lado, existe o compromisso com a saúde de todos e as medidas protetivas que devem ser tomadas. Por outro, estão as oportunidades que surgem em meio à crise.

Antes de falar sobre os dois lados dessa moeda, é importante falar sobre o que direciona as empresas. A governança corporativa é um sistema composto por processos, condutas, costumes e políticas, a partir do qual uma instituição é administrada e monitorada. E, nesses momentos, essa cartilha deve ser tomada à risca para não ver os seus princípios colocados em xeque.

Muito além do foco no lucro, a governança corporativa diz respeito a um ecossistema que pede transparência e ética. As boas práticas atendem não apenas aos gestores e colaboradores, mas também fornecedores, investidores, credores, órgãos públicos e comunidade impactada pelas ações da empresa, além do próprio mercado.

Ainda vale lembrar que esse conjunto de regras não norteia somente as grandes companhias. Empresas familiares, pequenos negócios e até mesmo o empreendedor deve ter em sua diretriz corporativa os pilares que o guiam. Em linhas gerais, a transparência de dados, o tratamento igualitário entre todos os interessados, a responsabilidade corporativa e a prestação de contas são as quatro linhas-mestras que orientam os negócios justos e eticamente responsáveis.

O monitoramento dessas regras e condutas é feita pelo que chamamos de compliance, que inclui as normas, leis, regulamentações oficiais e tudo o que está relacionado à regularização das atividades de uma empresa.

Para implantar um sistema de compliance, o primeiro passo é uma análise de risco que identifique os principais desafios da organização. A partir daí, criam-se as políticas e processos para reduzir esses riscos e, por último, investe-se em ações de comunicação interna e treinamento. Em tempos de atenção, como o que vivemos, vale revisitar a sua governança corporativa ou pensar em implantá-la em algum nível. Negócios podem ruir por práticas equivocadas que nocauteiam a ética e o respeito.

Dicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by