Covid-19 exige diversas medidas governamentais para socorro às empresas


O Governo Federal tomou algumas medidas para dar um fôlego às empresas, em meio à emergência de saúde do novo coronavírus. Entre as várias iniciativas adotadas estão a prorrogação de pagamento de tributos e contribuições, abertura para renegociação de contratos trabalhistas, medidas de cunho societário e política de empréstimos e financiamentos para assegurar liquidez às empresas. Uma delas pode encaixar nas necessidades de seu negócio. Não deixe de nos consultar.

As contribuições previdenciárias devidas por empresas e empregadores domésticos, relativas a março e abril, poderão ser recolhidas em agosto e outubro, respectivamente. O adiamento ainda é válido para a contribuição para PIS/Pasep e Cofins, nas mesmas condições.

Outro ponto relevante são as possibilidades de repactuação dos contratos de trabalho. Estes poderão ser alterados para permitir redução salarial e de jornada, e até a suspensão dos contratos. As medidas governamentais preveem o pagamento de auxílio para cobrir parte das perdas salariais.

Igualmente importantes são as medidas de postergação das parcelas de empréstimos em curso. Não deixe de acessar este auxílio. Por fim, fique atento para aproveitar o empréstimo vinculado ao pagamento da folha, decisão trazida pela Medida Provisória 944. Conte conosco para ajudá-lo nesta árdua jornada que se inicia com a crise da Covid-19.

Dicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by