Franquias e o ROI: prazos de retorno do investimento e escolha da franquia


Franquias podem ser ótimas alternativas para quem quer empreender, mas não tem experiência para montar um negócio do zero. Entretanto, escolher a marca certa, que se adequa a seu perfil e também ao seu bolso, não é simples: isso porque o Brasil conta com uma rede de cerca de três mil franqueadoras. São muitas opções.

Abrir uma franquia não é barato e, por isso, muitos interessados começam a busca pensando no investimento inicial. Porém, quando a escolha se baseia apenas no valor desse aporte e não há identificação com a marca ou a atividade, certamente o futuro empresário já deu um passo para o fracasso. É preciso ter afinidade com o negócio que vai gerir.

Para cada franquia que estiver na mira do empreendedor, é importante obter informações sobre investimentos, receitas e despesas e, de preferência, com franqueados da marca já estabelecidos no mercado.

Outra variante que baliza a escolha da empresa é o ROI. Em média, 65% de todas as franquias oferecidas no mercado apresentam um retorno entre 18 e 24 meses. Esse payback representa o tempo decorrido entre a aquisição da franquia e o momento no qual o lucro acumulado se iguala ao valor investido. O cálculo não inclui o ponto comercial ou a reforma do imóvel, valores que variam de acordo com o local onde a empresa é instalada. Quando esses montantes são somados, o ROI pode ultrapassar o prazo de 24 meses.

O retorno sobre o investimento não serve apenas para calcular quando a franquia começará a dar lucro, mas também para guiar ações futuras e controlar o custo-benefício de um projeto desde seu início.

Para quem quer investir nesse modelo de negócio, porém, o prazo mais curto de payback pode não ser a variante mais importante. Dependendo das expectativas do futuro franqueado, um ROI mais prolongado se justifica para quem deseja trabalhar com um tipo específico de franquia e não tem tanta pressa para ver o capital investido retornar ao caixa. A longevidade da franquia, provando que aquela marca poderá manter a rentabilidade por muitos anos, é outra razão que compensa um tempo de retorno mais esticado. É preciso ter cautela para que a pressa em obter o payback não promova escolhas desastradas.

Dicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *